Os desafios para se montar e manter um MakerSpace como espaços de cidadania

GabiAgustini

[:pb]

A cultura maker é a cultura dos fazedores. Dos que colocam a mão na massa para resolver problemas econômicos, sociais e culturais. Uma cultura que é consequência da era digital, em que computadores conectados em rede passaram a permitir o compartilhamento de informações de uma forma nunca antes vista. Os makers fabricam e consertam coisas de forma descentralizada, geralmente em espaços coletivos criados para essa finalidade, os chamados makerspaces ou fablabs.

No Brasil, uma experiência muito bacana é o OLABI Makerspace, do Rio de Janeiro. Criado por Gabi Agustini, uma empreendedora paulista que também integrou o coletivo da Casa da Cultura Digital, o OLABI é hoje um espaço de referência para quem é adepto da cultura maker.

No próximo dia 15 de junho, Gabi vem a Santos para participar de uma roda de conversa, como parte da programação do LAB.IRINTO – Encontro Internacional de Cultura Livre e inovação Cidadã. Mais uma vez o papo ocorre na cafeteria do Museu Pelé, a partir das 18h30. O ambiente é descontraído e pensado para fomentar o diálogo entre a palestrante e os participantes. A atividade é indicada tanto àqueles que integram grupos de hackers ou makers quanto aos curiosos.

Nessa roda, Gabi irá falar sobre os desafios de se construir um makerspace no Brasil, a partir do zero, e sem contar com nenhum grande patrocinador. Também vai falar sobre a dimensão social da cultura maker, que vem transformando a produção ao redor do planeta, a ponto de nos Estados Unidos ser considerada a ponta de lança de uma nova revolução industrial.

A atividade é gratuita e não é necessário fazer inscrição para participar.

Mais sobre o OLABI

O Olabi é uma empresa social focada em estimular a promoção de diversidade na produção de novas tecnologias. Em sua sede no Rio de Janeiro, um makerspace permite que pessoas com as mais diferentes experiências possam interagir, aprender e criar projetos ligados ao universo da fabricação digital, eletrônica, robótica, biotecnologia, marcenaria, artesanato — em uma junção da “alta” com a “baixa” tecnologia.

Além do ambiente de aprendizagem, a organização tem uma camada de serviços e projetos, por meio da qual trabalha com outras instituições auxiliando na implementação de espaços e programas com foco em inovação social, tecnologia e criatividade. Ao longo de dois anos de atuação, mais de 2,5 mil pessoas participaram de atividades organizadas pelo Olabi e projetos foram desenvolvidos não apenas no Brasil como internacionalmente.

O Olabi é parte da rede internacional dos fablabs e do Global Innovation Gathering, rede que reúne inovadores principalmente de países em desenvolvimento.

Mais sobre Gabi Agustini

Fundadora e diretora do Olabi Makerspace, empreendimento social focado em inovação, tecnologia e criatividade com sede no Rio de Janeiro e projetos espalhados pelo país, é também professora de empreendedorismo na FGV Rio e de cultura e tecnologia na Universidade Cândido Mendes. Co-organizou a coletânea “De Baixo para Cima” (Aeroplano 2014), sobre economia colaborativa e apropriação de novas tecnologias e foi consultora da Unesco na área de inovação e economia criativa.

Integrou o Coletivo da Casa da Cultura Digital de São Paulo.

Mais sobre o LAB.IRINTO

O Lab.irinto é um processo de debates, trocas de experiências e articulação internacional entre criadores da Baixada Santista, de outras regiões do Brasil e do mundo, com o objetivo de subsidiar a concepção do LABxS (Lab Santista), o primeiro laboratório de cultura livre e inovação cidadã do Brasil. Cada uma de suas atividades é uma porta de entrada para um labirinto de possibilidades que esperamos nos ajude a encontrar as soluções necessárias para a invenção desse laboratório em nossa região. Entre abril e junho, convidamos produtores, artistas, pesquisadores, gestores e empreendedores a compartilharem experiências, fortalecendo a nossa rede. O evento principal ocorre entre os dias 22-24 de junho, em Santos, em diversas localidades.

Site: http://labirinto.procomum.com.br

 

Local: Museu Pelé, R. Marquês de Herval, s/n Valongo, Santos São Paulo

Entrada gratuita[:es]Local: Museu Pelé, R. Marquês de Herval, s/n Valongo, Santos São Paulo

Entrada gratuita[:]

Rodas de conversa | Museu Pelé 15 de junho de 2016 19:00 - 21:00 gabi-agustini Gabriela Agustini



Realização