Participe da oficina de mapeamento de iniciativas cidadãs da Baixada

Para identificar as iniciativas que realizam inovação cidadã na região e articular uma rede internacional de ações, coletivos e organizações, o LAB.IRINTO convida os criadores da região para as oficinas gratuitas que serão realizados nos dias 2 e 3 de maio no Museu Pelé.

mapa O LAB.IRINTO – encontro internacional de inovação cidadã convida os cidadãos e representantes de associações, organizações e coletivos da Baixada Santista a participarem das oficinas de mapeamento coletivo da inovação cidadã da região, que irão ocorrer nos dias 2 e 3 de maio.

A atividade será coordenada pela equipe de arquitetos e urbanistas espanhóis do VIC – Viveros de Iniciativas Ciudadanas, organização com sede em Madri que vem apoiando mundo afora projetos que impactam na transformação do espaço urbano a partir de demandas diretas da cidadania.

“A partir de dinâmicas coletivas, pretende-se extrair valor daquelas experiências, espaços e acontecimentos urbanos que não figuram na agenda cultural da cidade”, destaca a convocatória oficial da oficina.

O objetivo destas atividades é identificar os agentes locais que busquem de forma coletiva construir soluções para uma experiência urbana mais inclusiva, ética, sustentável, participativa e habitável. De uma associação de bairro que reúne os vizinhos para reciclar o lixo, uma horta comunitária, grupos informais de dança de rua, às organizações sociais que trabalham pelo bem estar de sua comunidade.

A metodologia que será aplicada nestas oficinas surgiu a partir da demanda da Secretaria Geral Iberoamericana, organização internacional que apoia a realização do LAB.IRINTO. Em parceria com o VIC, foi desenvolvida a plataforma CIVICs, um mapa online e colaborativo que já identificou mais de 1000 projetos em Madri, Quito e Cidade do México.

As iniciativas da Baixada Santista poderão se conectar a essas e a outras ações que serão mapeadas em mais de 10 cidades, entre elas Madri, Barcelona, Cidade do México, Quito, Montevideo, Buenos Aires, São Paulo e Rio de Janeiro. “Nossa intenção é gerar uma cartografía ‘global’ que situa as práticas cidadãs e urbanas, informais e emergentes, num plano internacional possibilitando articulações e comparações”, explica Miguel Jaenicke, diretor do VIC.

Para participar gratuitamente das oficinas, os interessados devem fazer sua inscrição no site do LAB.IRINTO.

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR A FICHA DE INSCRIÇÃO

Serão realizadas duas oficinas para até 30 participantes cada.

Datas: 2 e 3 de maio, das 9h às 18h.


Comentários

  1. […] Mais info e inscrições no site: http://labirinto.procomum.com.br/2016/03/31/mapa/ […]





Realização